Associação Brasileira de Brangus
Login:   Senha:  
  história
  diretoria
  sócios
  técnicos
  interatividade
  fale conosco
  comunicados
  rank
  catálogo
  genealogia
  trocar a senha
  denúncias
             reclamações
  artigos técnicos
  Revista Brangus
  clima
  eventos
  notícias Brangus
  notícias RSS
  download
  fotos
  vídeos


Matéria atualizada 26/09/2016

Horário de verão exige atenção na rotina com o gado

O início do horário de verão, no próximo dia 16, pode trazer grandes mudanças para o gado e acarretar em estresse.

De acordo com o consultor agropecuário, José Carlos Ribeiro, os bovinos possuem hábitos corriqueiros e costumam se alimentar e beber água nos mesmos horários. "É necessário adequar o trato dos animais à mudança de horário. Se o produtor faz a ordenha às 5h no horário tradicional, no horário de verão, para os animais será às 6h. Então ele deve começar a lida às 5h50, depois às 5h40, até chegar às 5h novamente".

A rotina para o retorno do horário normal (no dia 19 de fevereiro de 2017) também deve ser gradativa. "A ordenha da tarde sempre deve ser feita uma hora depois do horário de costume, para que também não cause estresse ao animal e assim, não há alteração na qualidade da produção".

Além da mudança de horário, o estresse do animal pode englobar diversas vertentes, e pode ser evitado com a redução de insumos tóxicos e deixando a pastagem livre, com espaço considerável de acordo com as cabeças do gado.

Fonte: DBO


Mais Notícias
Touro Brangus impressiona pecuaristas brasileiros e argentinos
O grande mérito é conseguir imprimir uma genética ideal à produção de carne bovina
Leilão RPK Genética faz média de R$ 9.450 para touros Brangus
O criador Reno Paulo Kunz colocou em pista 93 exemplares selecionados em Dois Vizinhos
O Brangus é um grande parceiro do Nelore
Listamos as razões do crescimento do Brangus no Brasil, raça entrou pelo centro-oeste e tem conquistado muitos pecuaristas brasileiros
Fórmula localiza touros com mais rentabilidade
O Índice Bioeconômico de Carcaças (IBC), lançado pela Embrapa, identifica os touros capazes de gerar descendentes que produzam carne de alta
qualidade
Leilão GAP BRASIL faz R$ 9,5 mil para touros e R$ 3,2 mil para fêmeas
Genética Brangus para o Brasil foi a chamada do leilão e o mote do evento
Raça Brangus conquista seu espaço no mercado
Criada em 1912 nos EUA, através do cruzamento do Angus com o zebu, o Brangus alia a qualidade da carne, precocidade e acabamento da carcaça da raça taurina com a rusticidade e resistência da zebuína.
ABB e UFRGS assinam convênio de cooperação técnica
Acordo prevê atividades de pesquisa na área de tecnologia de imagens e transferência de material genético e equipamentos
 
 
Redes Sociais :
Rua Piratininga, 908 Jardim dos Estados
Campo Grande, MS - CEP: 79020-240 - Fone: (67) 3321-1316
developed by