Associação Brasileira de Brangus
Login:   Senha:  
  história
  diretoria
  sócios
  técnicos
  interatividade
  fale conosco
  comunicados
  rank
  catálogo
  genealogia
  trocar a senha
  denúncias
             reclamações
  artigos técnicos
  Revista Brangus
  clima
  eventos
  notícias Brangus
  notícias RSS
  download
  fotos
  vídeos


Matéria atualizada 14/12/2018

Sul-mato-grossenses apostam na raça Brangus e comemoram resultados

Estado conta atualmente com um plantel de cerca de oito mil exemplares registrados segundo a Associação Brasileira de Brangus


Criadores de bovinos de corte que estão apostando no Brangus colhem os resultados positivos desta decisão. No Estado de Mato Grosso do Sul, conforme a superintendência de registro genealógico da Associação Brasileira de Brangus (ABB) o plantel é formado por cerca de oito mil animais registrados. A perspectiva é que com os resultados comprovados, os números apresentem crescimento. No Brasil, entre 2015 e 2017, o número de animais registrados cresceu 10% conforme dados da entidade.


Luciano Zamboni é criador da raça e titular da Fazenda Tradição, de Campo Grande (MS). Iniciou na raça no ano de 1988, quando arrendou uma fazenda para uma empresa que tinha planos de desenvolver um programa de melhoramento de carne. “Uma das formas que esse arrendamento foi feito era a entrega de alguns produtos de cruzamentos Angus e Nelore ou Brangus e Nelore para que eu fizesse parte do programa. Com o passar do tempo vi os resultados e acabei aos poucos transformando meu rebanho de zebu em sintético com o uso das raças Angus e Brangus”, destaca.


O criador se entusiasmou com os resultados e juntamente com outros interessados na raça fundou o Núcleo Brangus Centro Oeste, onde por meio de exposições teve início a divulgação da raça. O reconhecimento do trabalho por criadores de todo o Brasil veio em seguida, inclusive com a mudança da sede da associação de Bagé (RS) para a capital sul-mato-grossense. “Trouxemos para Campo Grande em um ambiente mais amplo e com novas ideias, tentando modernizar o processo de registro genealógico. Me tornei presidente por quatro anos entre 98 e 2001. Formamos uma equipe de trabalho muito boa com pessoas que me ajudaram a conseguir ótimos resultados em relação ao número de associados e recorde no número de registros genealógicos”, conta.


Zamboni disse que mesmo com a competição forte no marketing feito por outras raças, o tempo se encarregou em dizer que o Brangus é o que consegue os melhores resultados. “Eu acompanhei essa evolução e me fez ser um apaixonado pela raça. Meus objetivos são o de continuar melhorando geneticamente meus animais. Faço inseminação artificial, fertilização in vitro e transplante de embrião sempre com propósito de ter animais de ponta, formar um bom lote de touros para venda, com clientes em outros Estados”, observa.


A raça, que foi formada para unir a rusticidade das raças zebuínas com características do Angus, como a produção de carne de qualidade, tem entre suas vantagens os partos facilitados, altos pesos no momento da desmama e no sobreano, grande ganho de peso, tanto em pasto como em confinamento, fêmeas de reposição com puberdade precoce, enxertando aos 15 meses, e ainda oferece uma carne suculenta e macia, que atende aos mais exigentes paladares.


Campo Grande receberá de 9 a 13 de abril do próximo ano evento que vai comemorar os 40 anos da Associação Brasileira de Brangus.








Foto: Fábio Fatori

Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective








Mais Notícias
Leilão RPK Genética faz média de R$ 9.450 para touros Brangus
O criador Reno Paulo Kunz colocou em pista 93 exemplares selecionados em Dois Vizinhos
O Brangus é um grande parceiro do Nelore
Listamos as razões do crescimento do Brangus no Brasil, raça entrou pelo centro-oeste e tem conquistado muitos pecuaristas brasileiros
Fórmula localiza touros com mais rentabilidade
O Índice Bioeconômico de Carcaças (IBC), lançado pela Embrapa, identifica os touros capazes de gerar descendentes que produzam carne de alta
qualidade
Leilão GAP BRASIL faz R$ 9,5 mil para touros e R$ 3,2 mil para fêmeas
Genética Brangus para o Brasil foi a chamada do leilão e o mote do evento
Raça Brangus conquista seu espaço no mercado
Criada em 1912 nos EUA, através do cruzamento do Angus com o zebu, o Brangus alia a qualidade da carne, precocidade e acabamento da carcaça da raça taurina com a rusticidade e resistência da zebuína.
ABB e UFRGS assinam convênio de cooperação técnica
Acordo prevê atividades de pesquisa na área de tecnologia de imagens e transferência de material genético e equipamentos
 
 
Redes Sociais :
Rua Piratininga, 908 Jardim dos Estados
Campo Grande, MS - CEP: 79020-240 - Fone: (67) 3321-1316
developed by