Associação Brasileira de Brangus
Login:   Senha:  
  história
  diretoria
  sócios
  técnicos
  interatividade
  transparência
  fale conosco
  comunicados
  rank
  catálogo
  genealogia
  trocar a senha
  denúncias
             reclamações
  artigos técnicos
  Revista Brangus
  clima
  eventos
  notícias Brangus
  notícias RSS
  download
  fotos
  vídeos


Matéria atualizada 10/03/2016

China se firma como grande importadora da carne brasileira

Nos dois primeiros meses de 2015, os chineses adquiriram 20 mil toneladas do produto in natura do Brasil, ou 17,7% do total exportado

A China está se confirmando como um dos principais compradores da carne bovina brasileira, avalia o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP). Nos dois primeiros meses de 2015, os chineses adquiriram 20 mil toneladas do produto in natura do Brasil, o que representa 17,7% das 177,48 mil toneladas exportados no período, de acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
 
A China voltou a comprar carne bovina do Brasil em julho do ano passado, após suspender a parceria em 2012. Desde a retomada, o país asiático já adquiriu 117,5 mil toneladas, de acordo com o levantamento do Cepea. Com isso, a China assumiu a quarta posição entre os maiores compradores da carne brasileira no primeiro bimestre deste ano, atrás de Hong Kong (36,78 mil toneladas), Egito (33,684 mil toneladas) e Rússia (com quase 23 mil toneladas).
 
Por outro lado, os analistas do Cepea apontam que a Venezuela reduziu suas compras para menos da metade, passando de 13,3 mil toneladas para apenas 5,95 mil toneladas no primeiro bimestre deste ano. Além de problemas políticos e econômicos, a Venezuela comprou volume significativo de carne no fim do ano passado, o que pode ter elevado seus estoques.
 
De toda forma, as exportações brasileiras de carne bovina seguem promissoras. Os embarques de carne bovina para o exterior continuam firmes. De acordo com o MDIC, o Brasil exportou nos primeiros quatro dias úteis de março 20,8 mil toneladas.


Este volume representa uma média diária de 5,2 mil toneladas, acima da média registrada em março de 2015 de 3,7 mil toneladas (considerando 22 dias úteis) e em linha com a média do mês passado. A consultoria XP Investimento projeta que o acumulado deste mês chegue a 107 mil toneladas, o que representa uma alta de 30,5% em relação a março de 2015 (82 mil toneladas).


Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO


Mais Notícias
Seleção Brangus CRW faz R$ 9,6 mil para touros e R$ 4,8 mil para matrizes em Lavras do Sul
Touro S487 Supremacia contratado pela CRV Lagoa alcançou a valorização de R$ 34,5 mil
Brangus domina oferta do Tellechea Associados
Entre exemplares pretos e vermelhos, raça respondeu por mais de 81% e 87% da receita do remate
São Bibiano mantém tradição na pista de Uruguaiana
Remate promovido por Antonio Bastos Filho é um dos mais antigos da primavera gaúcha
Sem Fronteiras reúne quarteto de criatórios gaúchos
Rincon del Sarandy, Corticeira, Soldera e Ave Maria venderam Angus e Brangus pela TV
Cabanha Umbu mantém tradição em praça gaúcha
Criatório negociou produção de touros e fêmeas Angus e Brangus em Uruguaiana
Selo Racial com destaque para touros Braford e Brangus
Raças sintéticas Braford e Brangus surpreendem positivamente na comercialização, assim como a participação de novos investidores do Brasil Central
 
 
Redes Sociais :
Rua Piratininga, 908 Jardim dos Estados
Campo Grande, MS - CEP: 79020-240 - Fone: (67) 3321-1316
developed by