Associação Brasileira de Brangus
Login:   Senha:  
  história
  diretoria
  sócios
  técnicos
  interatividade
  fale conosco
  comunicados
  rank
  catálogo
  genealogia
  trocar a senha
  denúncias
             reclamações
  artigos técnicos
  Revista Brangus
  clima
  eventos
  notícias Brangus
  notícias RSS
  download
  fotos
  vídeos


Matéria atualizada 10/07/2019

Leilão Touros Terra Boa faz R$ 16 mil para touros e R$ 16,1 mil para fêmeas

Com cinco horas de duração e a presença de pecuaristas de todo o País, os resultados do Leilão Terra Boa, realizado ontem (7), comprovaram a excelência do trabalho de seleção do criador José Luiz Niemeyer. Foram comercializados 177 animais – 121 da raça Nelore e 56 Brangus, entre machos e fêmeas –, com faturamento total de R$2.148.900,00.

Os animais foram arrematados por 50 compradores de 10 estados: BA, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PR, RO e SP. Os 90 machos Nelore e as 31 fêmeas foram vendidos ao preço médio de R$ 10.723,33 e R$ 9.183,87, respectivamente; e os 50 machos Brangus e as seis fêmeas, pelos preços médios respectivos de R$ 16.050,00 e R$ 16.100,00.

Realizado na sede da fazenda, em Guararapes (SP), o leilão Terra Boa foi conduzido pela Central Leilões e transmitido pelo Canal Rural.

Sobre a Fazenda Terra Boa – Em 1950, a Fazenda Terra Boa iniciou sua criação de bovinos com um rebanho comercial e, quatorze anos depois, investiu nas primeiras matrizes Nelore puras. Em 1965, nasceu o produto RGN 001 da seleção Nelore Terra Boa. Em 1992, o criatório ingressou no Programa Nelore Brasil da ANCP (Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores) e, em 2003, adquiriu um rebanho comercial da raça Brangus, em Mato Grosso do Sul.

Satisfeitos com as qualidades da raça (precocidade, boa habilidade materna, fertilidade, rusticidade e características funcionais), em 2008, a cabeceira das novilhas foi para a Terra Boa, dando início ao trabalho de seleção do Brangus JT. Para aumentar a qualidade, a eficiência e a produtividade nos rebanhos das raças Nelore e Brangus, em 2015, a fazenda aderiu aos programas Qualitas e Natura/Gensys, validados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) por intermédio da certificação CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção). Campeã em sustentabilidade desde a origem (em 1958, ganhou o troféu “Fazenda Conservacionista do Estado de São Paulo”), a Terra Boa mantém 1.688 hectares com áreas de preservação, pastagens e de cultivo de cana-de-açúcar (Integração Lavoura-Pecuária).

Fonte e Foto: Grupo Publique


Mais Notícias
Fêmeas Red Brangus puxam as vendas da São Rafael
Também foram ofertados em São Borja, RS, reprodutores de genética apurada das gerações 2016 e 17
Fêmeas puxam as vendas da Capanegra
Evento promovido por Fernando Dornelles Pons integrou a programação da Expofeira de Bagé
Cabanha Catanduva se despede da raça Angus
Leilão que liquidou o plantel faturou R$1,1 milhão e teve como animal mais valorizado um touro Brangus vendido por R$16,2 mil
Cabanha Umbu promove remate com Angus e Brangus
O criador Angelo Bastos Tellechea recebeu pecuaristas e convidados em sua fazenda em Uruguaiana
Espinilho e Soldera registra 100% de liquidez em Esteio
Negócios envolveram bovinos das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford, além de gado comercial
Procura por fêmeas dá o tom da comercialização no leilão Selo Racial
Vaca Brangus com prêmios na Expointer e valorização de touro foram os destaques do remate realizado em Uruguaiana
Touros Brangus saem à média de R$ 13.354 em virtual
O criatório Brangus HP promoveu o pregão, que também contou com animais da Brangus do Sertão
Touros da raça brangus alcançam os maiores preços no leilão da GAP Genética
Considerado um dos principais remates da temporada de primavera, evento foi realizado neste domingo (22) em Uruguaiana, na Fronteira Oeste
 
 
Redes Sociais :
Rua Piratininga, 908 Jardim dos Estados
Campo Grande, MS - CEP: 79020-240 - Fone: (67) 3321-1316
developed by